Look out... Helter Skelter!
As Últimas Fotos de John Lennon

Marcelo Fróes

John dá um autógrafo àquele que iria assassiná-lo. Por Paul Goresh Como todos sabem, as últimas fotos de John Lennon foram tiradas pelo fã Paul Goresh na porta do edifício Dakota - no início da noite do dia 8 de dezembro de 1980, quando foi parado pela primeira vez pelo elemento que viria a assassiná-lo horas depois. O que muitos talvez não saibam é que, naquela tarde, John fez sua última sessão fotográfica no apartamento do sétimo andar - com a fotógrafa Annie Leibovitz, da revista "Rolling Stone".




A Família Lennon no Japão - Por Nishi F. Saimaru John sempre gostou de fotos e, além de ávido consumidor de câmeras polaroid e das primeiras filmadoras, também dava corda aos fãs e papparazzi que o cercavam onde quer que fosse. Nem por isso deixava de tirar fotos e de contratar fotógrafos para fotografar sua família - como o fazia Nishi F. Saimaru sempre que os Lennon iam ao Japão, entre 1977 e 1979, e que publicou em 1982 o livro "John Lennon: A Family Album", recolhido por objeção de Yoko mas que hoje já voltou a ser comercializado - depois do bom entendimento entre as partes interessadas.




Uma foto feita por um fã foi parar na capa de um disco! Por Paul Goresh Yoko deve ter gostado do livro japonês, pois já em 1983 selecionou material de oito dentre os diversos fotógrafos que haviam registrado os momentos do projeto "Double Fantasy" e lançou o livro "Summer of 1980". Neste livro a gente aprende que Paul Goresh, além de ter tirado a última foto de John em vida, tirou também a primeira foto relativa àquele último disco de 1980 - registrando o momento em que, de mãos dadas com Yoko e portando uma maleta estilo 007, John saiu de chapéu do Dakota num ensolarado dia de agosto de 1980 para dirigir-se ao Hit Factory - onde começaria a gravar o novo álbum. A melhor foto deste instante acabou sendo comprada de Goresh por Yoko, para ser utilizada na capa do single "Watching The Wheels" em 1981.




Uma das muitas fotos feitas pelo amigo e fotógrafo Bob Gruen Naquele mesmo dia, no interior do estúdio, John foi fotografado por Roger Farrington - mas foi Bob Gruen, amigo dos Lennon desde o início dos anos 70, quem mais fotos fez da gravação de "Double Fantasy" (e "Milk & Honey", claro), e muitas delas saíram em seus livros. David Spindell também fotografou uma das sessões de gravação e, infelizmente, as fitas de vídeo registrando alguns momentos daqueles derradeiros bastidores acabaram sumindo.




A Heart Play, com foto de Lilo Raymond. Lilo Raymond foi contratado para fazer fotos do casal pelas ruas próximas ao Dakota, inclusive aquela que acabou sendo capa do LP "Heart Play - Unfinished Dialogue", lançado pela Polydor pouco antes de "Milk And Honey". São as fotos em que Lennon aparece de terno preto, com o cabelo penteado para trás e com a gravata frouxa.





As famosas fotos em que lennon aparece de azul, por Jack Mitchell. No dia 2 de novembro, o famoso fotógrafo novaiorquino Jack Mitchell fez as primeiras fotos de estúdio do casal - para uma matéria especial do jornal "New York Times". Uma delas ficou bem famosa, quando utilizada como capa do single "Woman" no início de 1981. Ainda naquele mês, Allan Tannenbaum fez as famosas fotos de John & Yoko de jaquetas de couro e óculos escuros, diante do Dakota e nos bancos do Central Park - para uma matéria especial do jornal onde trabalhava, o "SoHo News".




John e Yoko depois das filmagens do clip de Woman. Por Allan Tannenbaum Yoko gostou de Tannenbaum e o convidou para fotografar uma ocasião especial, uma semana depois. O casal estava rodando um vídeo promocional para o disco e o fotógrafo pode acompanhar os trabalhos, registrando o famoso passeio pelo Central Park e, na seqüência, as cenas que mostram o casal chegando num quarto branco - cenário montado numa galeria de arte no SoHo -, dançando, despindo-se, fazendo amor e depois abraçando-se vestidos de kimono. Apenas as cenas do parque foram utilizadas no clip de "Woman" em 1981, enquanto que as do quarto acabaram sendo reveladas somente nos clipes de "Milk & Honey" em 1984.




Essa sessão fotográfica foi rejeitada por John. Annie Leibovitz As últimas sessões fotográficas de John Lennon foram realizadas por Annie Leibovitz. Na quarta-feira, dia 3 de dezembro, Annie esteve no Dakota e fez aquelas fotos que mostram Lennon vestido de jeans, na cozinha e na cama de seu quarto, tocando uma guitarra Fender vermelha. A mais famosa destas fotos é aquela utilizada no encarte interno do LP "The John Lennon Collection" em 1982.




Então, Lennon convoca a fotógrafa Annie Leibovitz para a sua última sessão fotográfica Dois dias depois, o editor da Rolling Stone foi ao Dakota para realizar a entrevista e levou consigo as provas das fotos. Lennon não gostou de ver-se com a barba por fazer e com o cabelo desgrenhado, razão pela qual marcou uma nova sessão para a tarde da segunda-feira, dia 8. Na manhã do sábado, dia 6, John cortou o cabelo antes de seguir para o Hit Factory - onde fez uma longa entrevista para a Rádio BBC, transcrita no livro "The Lennon Tapes" de 1981, que traz na capa uma foto tirada naquele dia.




Esta é da mesma sessão fotográrica, na última tarde de John Lennon. Por Annie Leibovitz Na segunda-feira, dia 8 de dezembro, Annie Leibovitz retornou ao Dakota e, num dos quartos do casal, fez as fotos em que Lennon aparece sentado, de calça jeans e pullover preto - aquelas utilizadas na capa do LP "The John Lennon Collection" (82) e dos compactos dele extraídos, "Love" (EMI inglesa, 1982) e "Happy Xmas" (Geffen americana, 1982), além do VHS "The John Lennon Video Collection". Na mesma oportunidade, Annie fez as fotos em que John aparece nu, deitado no chão com Yoko (vestida). A melhor destas fotos acabou sendo capa da edição especial de "Rolling Stone", que chegou às bancas poucos dias depois da morte de John.




Ainda deu tempo de tirar a roupa para mais uma foto irreverente.





Esta é a última foto da sessão. John usa a mesma roupa com que seria assassinado. Por Annie Leibovitz Na sala do apartamento, antes de descer para tomar a limousine que o levaria para o Hit Factory - onde finalizava "Walking On Thin Ice" -, John posou para uma última foto, sentado na janela que dá para o Central Park. Lennon já está pronto para sair, com a mesma jaqueta de couro e com os mesmos óculos escuros que aparecem nas fotos tiradas por Paul Goresh na calçada. A camiseta vermelha por debaixo do pullover não mente.