The Beatles
Livros Sobre os Beatles em Português

Quase tão prazeroso quanto ouvir os Beatles é ler sobre eles. E nunca faltaram livros de todos os formatos, tamanhos, preços e abordagens. Citamos aqui os principais - ou os mais relevantes. Interessante notar que, apesar de ser o ex-beatle com carreira mais curta, John Lennon é o que rendeu o maior número de livros. Chega a superar a quantidade de livros sobre os Beatles, em contraste à quase inexistência de títulos sobre os outros três.

A lista não pretende ser definitiva, nem está completa (por esquecimento, falta de informações, etc). Mas, ao contrário dos livros e revistas, podemos sempre ampliá-la. Se você conhce algum bom livro que ficou de fora, escreva para nós (beatlesbrasil@hotmail.com) e informe!

HELP - A maravilhosa aventura dos Beatles
Al Hine
Edições Bloch, 1965

Simplesmente toda a historia narrada no filme "HELP!", dos Beatles, em português (tradução de Hedyl Valle Júnior), lançado no mesmo ano do filme! E com um requinte a mais, exclusividade da edição nacional: capa do nosso genial Ziraldo!
A vida dos Beatles
Hunter Davies
Gráfica O Cruzeiro, 1968

Em 1968 foi lançada a primeira biografia autorizada dos Beatles, escrita por Hunther Davies, uma espécie de biógrafo oficial. E já na primeira edição, o Brasil ganhou sua versão em português. Durante anos esse livro foi lançado e relançado, com atualidades das carreiras solo dos Beatles (infelizmente sem edições em português) e pode-se dizer que até o lançamento da Antologia dos Beatles, era essa a biografia oficial.
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band
Henry Edwards
Record, 1978

10 anos depois do antológico disco dos Beatles, foi lançado um filme estrelado por Peter Franpton e os Bee Gees, com participações de peso, como o tecladista Billy Preston e outros, dando vida a personagens como Billy Shears, Dr. Robert, Lucy e a bela Strawberry. O roteiro do filme foi transcrito para um livro, que foi lançado no Brasil pela editora record.
Um Atrapalho no Trabalho
John Lennon
Tradução: Paulo Leminsky
Editora Brasiliense, 1980
Dois gênios se encontram. O poeta Paulo Leminsky caiu como uma luva ao ser o tradutor dos poemas non sense de John Lennon. A editora brasiliense caprichou no lançamento, em um raro caso de bom gosto, praticidade e valorização do material: juntou os dois livros de poemas de John (A Spaniard in The Works e In His Own Write), traduzidos com muita sensibilidade, transformando o poeta brasileiro praticamente em parceiro do beatle escritor, com transcrições e recriações fantásticas dos termos amalucados criados por ele. Para tirar qualquer dúvida, a edição ainda apresenta uma terceira parte, com todos os textos no inglês original. É de dar orgulho!
John Lennon
Tadeu Gonzaga Martins
Ed. Síntese

Biografia rara de John Lennon, feita com o objetivo de "quebrar mitos". Não dá pra saber se chegou a alcançar o objetivo, pois lido hoje, aquelas informações todas já estão datadas. Além do mais, o livro é tão tosco que nem ano de publicação tem impresso. Dá pra supor que seja de logo depois de 1980, pois dá grande ênfase ao assassinato de Lennon.
O Pensamento Vivo de John Lennon
Martin Claret, 1986

Nos anos 80, a editora Martin Claret lançou uma coleção com cada volume dedicado a uma grande personalidade da histórica e um deles foi John Lennon. Não é um lançamento para fanáticos, do tipo 'day by day', mas apresentava uma boa entrevista com John de 1970, lançada originalmente pela revista Rolling Stone, mais uma coletânea de frases pinçadas daqui e dali. Muito bom, numa época em que as publicações eram raras.
John Lennon
Ana Maria Rochael Soares
NSD Editora

É uma pena que esse livro tenha sido impresso em papel de qualidade inferior, pois o texto, seguindo a forma biografia/discografia/filmografia/entrevista até que era bem informativo e, principalmente, enriquecido por dezenas de fotos, algumas até bem raras. Hoje em dia acha-se milhares de fotos com uma simples 'googlada'. Mas na época (anos 80) o buraco era bem mais embaixo.
John Lennon
Alfredo Starheim e Márcia Kupstas
Editora Nova Sampa

Mais um livro desses de distribuição em bancas de revistas, com a velha fórmula biografia/coletânea de frases. Algumas informações meio equivocadas, mas uma edição curiosa, por ser uma legítima representante de livros feitos especialmente para venda em bancas de revistas.
The Beatles Complete.
Esse livro foi o deleite de fãs e músicos a durante os anos 80, por se tratar de um songbook com quase mil páginas, apresentando não só tablaturas de músicas conhecidas, mas também raridades nunca gravadas pelos Beatles. Já vi muita gente esquentar a cabeça tentando imaginar como seriam músicas como "Tip of my Tongue" e "From a Window". Apesar de vários pequenos erros e adaptações para tons mais baixos, até hoje é a principal referência e fonte de consulta para entender alguns detalhes dos arranjos dos Beatles. Foi lançado em duas versões, um para guitarras e outro para piano. Básico e eterno.
John Lennon - no Céu Com Diamantes
Lúcia Villares

Mais uma entre tantas biografias sobre John Lennon. Destaca-se pelo título criativo e por ser de uma época em que a morte de John era algo recente, o que dá ao livro um significado especial pra quem leu na época.


Beatles Por Eles Mesmos
Luiz Antônio da Silva
Martin Claret

Luiz Antonio da Silva, criador do mais antigo fã clube do Brasil (Cavern Club) é uma das principais figuras da Beatlemania nacional. E foi ele o criador desse ótimo volume da coleção "por ele mesmo", com um textos cronológicos e algumas análises, feitas por convidados. Também lançado (na primeira edição) com uma capa verde, muito menos bonita que essa ao lado, a mais conhecida. Luiz também foi responsável pelo lançamento do "Paul McCartney por Ele Mesmo", da mesma editora e com o mesmíssimo formato.
Os Anos da Beatlemania
Marcelo Fróes
Gráfica JB, 1992

O pesquisador musical Marcelo Fróes é, sem dúvida, o maior lançador brasileiro de material sobre os Beatles, com vários CDs lançados tendo como tema os Beatles. Mas tudo começou com esse livro, para comemorar os 30 anos do lançamento do primeiro disco dos Beatles, o compacto "Love Me Do". Ele ainda trabalharia como tradutor do livro de George Martin sobre o Sgt Pepper, mas curiosamente, hoje renega esse primogênito.
Paz, Amor e Sgt. Pepper
George Martin
Relume Dumará, 1995

Livro escrito por George Martin, onde ele conta segredos das gravações do disco mais psicodélico dos Beatles. Trata-se de uma oportunidade única de saber curiosidades que só o velho Martin poderia saber. No Brasil, saiu em edição traduzida por Marcelo Fróes.
John Lennon - "A Vida Pode ser Longa"
Ayrton Mugnaini Jr.
Editora Sampa, 1997

A editora Sampa acertou em cheio ao convidar o músico/jornalista Ayrton Mugnaini Jr. para criar o volume 2 da coleção Biblioteca Musical, dedicada a John Lennon. O volume não é de grande qualidade gráfica, pois trata-se de uma coleção de livros a preços bem polulares. Mas o conteúdo, redigido de forma cronológica, esclareceu e informou muita coisa que não se lia em biografias na época.
Amor de Verdade - Desenhos para o meu Filho
John Lennon
Salamandra, 1999

Um dos passatempos favoritos de John Lennon era desenhar personagens com seu traço bem peculiar, recheado de ironia e talento criativo. Assim nasceram as famosas litogravuras eróticas e as dezenas de ilustrações dos seus dois livros de poemas e contos. Mas foi quando Sean nasceu que o homem passou a desenhar cada vez mais, para brincar com seu filho. Esse livro reúne uma boa parte desses desenhos. Impossível não se emocionar em alguns momentos, e rir como uma criança em outros. Um "pequeno grande livro".
Antologia
The Beatles
Cosac e Nayfy, 2000

Depois de tantos anos e milhares de publicações contando a história dos Beatles sob os mais diversos pontos de vista, finalmente chega a hora deles mesmos fazerem. E não economizaram: foi lançado, praticamente ao mesmo tempo, 3 CDs duplos, um documentário imenso (10 DVDs) e esse livro luxuoso, onde a trajetória da maior banda do mundo é contada através de entrevistas feitas com os 4 músicos, mais amigos, funcionários e agregados. Não é só o texto que é caprichado e farto: também há uma quantidade impressionante de fotos (muitas inéditas) e documentos oficiais ilustrando o pacotaço. Coisa finíssima.
Paz, Afinal
Jason Leen
Mythos, 2000

Nos anos 90 esse livro causou muita polêmica entre os fãs, por se tratar de uma obra psicográfica em que John Lennon narra sua vida pós 8/12/1980, quando foi atingido pelas balas fatais. Além de um relato emocionante, Lennon até passa alguns poemas inéditos para o autor. Prato cheio para beatlemaníacos kardecistas.
Lembranças de Lennon
Editora Conrad, 2001

Assim que conseguiu se 'livrar' dos Beatles, John Lennon fez questão de promover uma verdadeira lavagem de roupa suja publicamente, em uma entrevista concedida a Jann Wenner, fundador da revista Rolling Stone. Nessa entrevista ele detona Deus e o mundo, passando pelos Rolling Stones, George Harrison e principalmente, seu grande ex-parceiro Paul McCartney. Trechos dessa entrevista sempre circularam aqui e ali, mas foi nesse livro que ela pôde ser lida depois de tantos anos. Oportunidade única de acompanhar toda a agressividade de Lennon, bem próxima da loucura punk que estava prestes a explodir naquela década.
Fazendo Música
George Martin
Editora UnB, 2002

Trata-se de um disco escrito por George Martin com dicas de composição, gravação, etc. Enfim, segredos dos bastidores da música. Paul McCartney assina um capítulo. Traduzido por diversos pesquisadores brasileiros, inclusive Marcelo Fróes (a parte histórica), parceiro do Portal Beatles Brasil.
Os Beatles e a Filosofia
William Irwin
Madras, 2007

Em pouco mais de sete anos de carreira, os Beatles mudaram o comportamento de toda uma década, revolucionaram as técnicas musicais e como resultado nos deixaram um inestimável tesouro artístico. Ainda hoje, 44 anos após a explosão da Beatlemania, milhões de pessoas em todo o mundo compram seus discos e se encantam com a originalidade de John, Paul, George e Ringo. Nesta obra, vinte estudiosos de Filosofia reuniram-se para analisar a fundo o pensamento e o comportamento dos Beatles e para levantar questões filosóficas presentes em suas músicas, como ética, cultura do consumo e ceticismo, além de tratar dos temas cotidianos nas canções sob a luz da filosofia, como amor, sociedade, política e espiritualidade.
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band
Clinton Heylin
Editora Conrad - 2007

Para comemorar os 40 anos do lendário disco, Clinton Heylin, um dos mais respeitados críticos musicais da atualidade, lançou mais um livro no seu extenso catálogo. O volume não agradou alguns fãs mais sensíveis, por se tratar de um texto escrito por um "não-fã" (ou pelo menos não-fanático). Mas aí está justamente o tempêro do livro, que correu léguas de termos politicamente correto, como "genial", "fundamental", etc. Ele analisa não só o álbum, como todo o cenário roqueiro a partir de 1965, passando por outras bandas e artistas contemporâneos (Beach Boys, Pink Floyd, Soft Machine, Bob Dylan) e se estende até os anos 90, com análises do projeto Anthology. Um livro (pra usar um termo manjado) fundamental na biblioteca de qualquer fã dos Beatles ou do bom Rock'n'roll. Com certeza, o melhor de todos os discos já escritos sobre o multicolorido disco dos Beatles.
The Beatles, A Biografia
Bob Spitz - 2007 Pra quem achou a Antologia "oficial demais", por omitir alguns fatos incômodos para os próprios Beatles, eis a alternativa. Baseado em anos de pesquisa, Bob Spitz conseguiu o que ninguém acreditava: escrever uma biografia ainda mais completa que a oficial, narrando fatos e analisando diversos aspectos da vida e obra do quarteto, desmistificando vários fatos da história oficial. Mesmo na apresentação o livro também impressiona, com mais de mil páginas, com quase o mesmo peso e volume da Antologia, com uma bela capa dura e ricamente ilustrado.
Magical Mystery Tours - Minha Vida Com os Beatles
Tony Bramwell
FGV/Eaesp, 2008

Imagine ser amigo de infância de George Harrison, Paul McCartney e John Lennon e, além de crescer com eles, ser convidado para trabalhar junto com a banda mais famosa do mundo, os Beatles! Isso aconteceu com Tony Bramwell, que encontrou com George no segundo andar de um ônibus em Liverpool, em 27 de dezembro de 1960, a caminho de um show dos Beatles - Direto de Hamburgo. Desse momento em diante, ele se tornou parte da história do grupo e acompanhou a ascensão meteórica dos quatro rapazes que se tornaram astros do rock and roll. Tony compartilha suas memórias e conta novos fatos sobre a infância, a família e o dia-a-dia da banda. Os passeios de bicicleta e trocas de discos com George Harrison, os shows, as primeiras gravações e composições, as bebedeiras e farras com mulheres, a crescente influência de Yoko Ono sobre John Lennon e como ela afetou o grupo - Tony Bramwell não deixou nenhum detalhe de fora.